Novo Ensino Médio 2021: como funciona e tudo sobre ele!

Compartilhe:


Novo ensino médio 2020 vai revolucionar nosso modelo educacional, veja como funciona!

A partir de 2019, os alunos que terminarem o ensino fundamental já irão lidar com o Novo Ensino Médio. Apesar de ter sido amplamente discutido e gerado diversos protestos, a lei foi aprovado a o currículo será alterado, possibilitando que os alunos escolham qual área querem aprofundar o conhecimento e assim se preparar mais para a futura carreira que terão.

Caso você ainda não tenha dúvidas sobre as mudanças que ocorrerão, neste artigo vamos explicar tudo sobre o Novo Ensino Médio, confira!

Como funciona o novo ensino medio?

O Novo Ensino Médio consiste em uma reforma na grade curricular, onde algumas disciplinas serão excluídas ou deixam de ser obrigatórias no currículo dos alunos. Assim eles podem escolher quais as matérias que desejam estudar e aprofundar o conhecimento, de acordo com o seu interesse, pensando principalmente na profissão que exercerão no futuro.

Novo ensino médio 2020

Mas, mesmo com essa flexibilidade, algumas disciplinas continuam fazendo parte do currículo obrigatório, que será único no país todo e nomeado de Base Nacional Comum Curricular. Ao todo são 1.800 horas de aulas, divididas em 4 áreas de conhecimento, como ciências humanas, exatas, tecnologias, etc.

As disciplinas de português e matemática serão obrigatórias por todo os 3 anos do ensino médio, assim como já é atualmente.

Disciplinas do Novo Ensino Médio

O que gera mais dúvidas sobre o Novo Ensino Médio é sobre o que os alunos irão cursar durante essa fase. As matérias de português, matemática e inglês continuaram a ser obrigatórias a todos os alunos durante os 3 anos do ensino. Além da língua materna, no caso de escola indígenas.

Mas logo no primeiro ano, os alunos poderão escolher quais áreas irão querer se aprofundar de acordo com o seu interesse profissional e/ou vocação. As opções estão distribuídas em 4 áreas de conhecimento, assim como o ENEM, e divididas em uma carga horária de 1800 horas totais.

Novo Ensino Médio 2019

Educação técnica e ensino integral no Novo Ensino medio

Uma das metas com a implementação do Novo Ensino Médio é que com o decorrer dos anos seja implantado de maneira gradativa nas escolas de ensino médio aulas em período integral. Para que dessa Maneira possibilite aos alunos que ao fim da sua formação básica ele tenha um diploma de ensino médio e também de ensino técnico.

Porém, apenas 5% das escolas brasileiras oferecem esse tipo de ensino ainda. Mas a cada ano são criadas 500 mil novas matrículas nessa modalidade. E com o Novo Ensino Médio o objetivo é que esse número seja ainda maior.

Quando começa a valer?

A previsão é que a partir de 2019 as escolas já estejam se adaptando ao Novo Ensino Médio, mesmo que começando com os alunos que estão no segundo ano letivo. Mas será a partir de 2021 que todas escolas deverão já ter adotado o novo sistema e o BNCC como currículo obrigatório a todos os anos que ingressarem no ensino médio.

Por isso é preciso ficar atento, principalmente quem está finalizando o ensino fundamental, pois a escolha das áreas em que irá se aprofundar ao longo do ensino médio, será feita logo no primeiro ano letivo.

Já falamos aqui em outro artigo, sobre o portal do aluno educa mais, sugiro a leitura do artigo.

Ficou alguma dúvida sobre o Novo Ensino Médio e sua implementação no território nacional? Deixe um comentário e até a próxima!

 


Compartilhe:

5 Comments

  1. Olá bom dia!!
    Sou professora Rita de Sousa,
    Tenho uma dúvida com relação ao dinheiro do Novo Ensino Médio , é porque as escolas querem saber a data de quando as escolas poderão começar a usar o dinheiro do Novo Ensino Médio.
    Os gestores querem saber.
    Obrigada e bom dia.!!!

  2. Sou professora de língua portuguesa no ensino médio há anos, não vejo melhorias em retirar da grade períodos de português, a base de tudo, não tem fundamento. O que o professor vai fazer com dois períodos, por exemplo, no segundo ano por senana? O que já está ruim, agora vai piorar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *